Procon divulga pesquisas de preços de combustíveis e gás de cozinha em Joinville

O Conselho Nacional de Justiça aponta “gestão caótica” de valores em acordos da Lava Jato
15/09/2023
MPF pede prisão de PRFs envolvidos na morte da menina Heloísa
16/09/2023
O Conselho Nacional de Justiça aponta “gestão caótica” de valores em acordos da Lava Jato
15/09/2023
MPF pede prisão de PRFs envolvidos na morte da menina Heloísa
16/09/2023

 

O Procon de Joinville divulgou as pesquisas de preços de combustíveis e gás de cozinha referentes ao mês de setembro, que foram realizadas na quinta-feira (14). Quase todos os combustíveis tiveram redução de preços, neste mês.

O litro da gasolina comum ficou 2,16% mais barato e a gasolina aditivada também baixou 2,30%. Da mesma forma, o etanol sofreu redução de 0,09% e o gás natural veicular (GNV), 1,44%. O único combustível que sofreu reajuste, em setembro, foi o diesel que ficou 2,49% mais caro em relação a agosto.

Entre os 99 postos de combustíveis pesquisados, o menor preço da gasolina comum encontrado foi de R$5,77 e o maior preço R$6,09, o litro. O preço médio da pesquisa atual ficou em R$5,88, enquanto o mesmo valor, em agosto, foi de R$6,01.

Em relação à gasolina aditivada, o preço médio ficou em R$6,01, sendo o menor valor do litro R$5,81 e o maior R$6,38.

Ainda de acordo com a pesquisa, no mês de setembro o preço médio do diesel foi de R$6,04, do etanol R$4,44 e do GNV R$5,07.

Ao abastecer um tanque de 50 litros com o valor mais em conta em comparação ao mais caro, o motorista pode ter economia de R$16,00 no caso da gasolina comum, R$28,50 na gasolina aditivada, R$43,00 no diesel, R$50,00 no etanol e R$14,50 no GNV. Confira a pesquisa dos combustíveis nesse link: PesquisaCombustível

Gás de cozinha

Em setembro, o gás de cozinha ficou mais caro do que em relação ao mês anterior, conforme apontou a pesquisa realizada em 36 estabelecimentos.

O botijão de gás de 13 kg no balcão aumentou 2,18%, sendo que o preço médio passou de R$111,00 para R$113,42. O menor valor encontrado na pesquisa atual foi de R$105 e, o maior, R$123.

Já o botijão para entrega teve reajuste de 0,74%. Os preços variaram de R$110 a R$135, com média de R$124,68.

O botijão de gás P45 também foi reajustado em 2,56% para compra no balcão, tendo o preço médio de R$461,50. No entanto, o valor para entrega teve redução de 0,87%, sendo que o menor preço encontrado foi de R$410,00 e o maior R$490,00. Confira a pesquisa do gás de cozinha nesse link: PesquisaGásCozinha

 

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido