Polícia prende cinco suspeitos de tráfico de drogas e homicídio

Votação do projeto que recria Dpvat fica para 7 de maio
30/04/2024
Justiça recebe denúncia da Operação Travessia e prefeito de Barra Velha segue preso
03/05/2024
Votação do projeto que recria Dpvat fica para 7 de maio
30/04/2024
Justiça recebe denúncia da Operação Travessia e prefeito de Barra Velha segue preso
03/05/2024

Na manhã dessa quinta-feira (02), a Polícia Civil, através da Delegacia de  Itapoá, com apoio da Divisão de Investigação Criminal de Jaraguá do Sul, Delegacia Regional de Polícia de Joinville, e 6ª Delegacia de Joinville, Delegacia de Garuva e Polícia Militar, cumpriram quatro mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva em Itapoá.

A investigação iniciou após um homicídio ocorrido em setembro de 2023, em Itapoá. Após investigação realizada pelo Setor de Investigação Criminal da Polícia Civil daquela comarca, foram identificados três suspeitos do crime.

O suspeito do homicídio estava em uma das residências e resistiu à prisão, inclusive realizando disparos de arma de fogo contra a equipe da polícia civil. O suspeito foi preso em flagrante por tentativa de homicídio, posse ilegal de arma de fogo, posse ilegal de munição e tráfico de drogas.

Nas outras residências foram presas mais quatro pessoas pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas.

Foram apreendidas quatro armas de fogo, sendo duas pistolas 9mm e dois revolveres .38 SPL, 84 munições 9 mm, 15 munições calibre 12, 13 munições de calibre .38, 10 munições calibre 22, 304 pedras de crack, 202 gramas de crack, 545 gramas de cocaína, 1.250 kg de maconha, 17 comprimidos de ecstasy, 11 aparelhos celulares e um veículo.

O presos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil de Itapoá para os devidos procedimentos e encaminhados ao Presídio Regional de Joinville.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido