Moçambique: naufrágio de embarcação irregular deixa ao menos 94 mortos

Justiça Eleitoral abre terceiro dia de julgamento que pode cassar Sérgio Moro
08/04/2024
Nadador joinvilense se despede das provas em águas abertas com bom resultado
08/04/2024
Justiça Eleitoral abre terceiro dia de julgamento que pode cassar Sérgio Moro
08/04/2024
Nadador joinvilense se despede das provas em águas abertas com bom resultado
08/04/2024

menos 94 pessoas morreram, incluindo crianças, e 26 estão desaparecidas depois que uma embarcação virou na costa norte de Moçambique, informou uma autoridade do Instituto de Transporte Marítimo do país (Intrasmar).

A embarcação era de pesca e não tinha licença para transportar pessoas, disse Lourenço Machado, administrador do Intrasmar, à televisão estatal nesta segunda-feira (8).

“No domingo, registramos um incidente marítimo em que pelo menos 94 pessoas morreram, quando uma embarcação que transportava 130 pessoas virou. Recuperamos 94 corpos e 26 estão desaparecidos”, afirmou.

A embarcação estava transportando pessoas de Lunga, na província de Nampula, para a Ilha de Moçambique, disse ele, acrescentando que os relatos iniciais indicavam que ela havia sido atingida por uma onda gigante.

Os passageiros estavam fugindo de um surto de cólera, informou a emissora estatal TVM, citando outro administrador marítimo local.

Jaime Neto, secretário de Estado da província de Nampula, também disse que os passageiros estavam fugindo de cólera, segundo a BBC.

“Como o barco estava superlotado e não era adequado para transportar passageiros, ele acabou afundando”, afirmou ele à BBC, acrescentando que muitas crianças estavam entre os mortos.

Vídeos postados na mídia social X mostraram muitos corpos em uma praia e algumas pessoas carregando os corpos de crianças. A Reuters não pôde verificar imediatamente esses vídeos.

Moçambique e outros países do sul da África estão lutando contra surtos de cólera desde o ano passado.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido