Frente fria e baixa pressão trarão chuva volumosa para Santa Catarina nessa semana

Aliados de Bolsonaro montaram operação para resgatar joias desviadas
08/07/2024
PF deflagra operação contra o tráfico internacional de animais silvestres em SC
09/07/2024
Aliados de Bolsonaro montaram operação para resgatar joias desviadas
08/07/2024
PF deflagra operação contra o tráfico internacional de animais silvestres em SC
09/07/2024

A MetSul Meteorologia alerta para o risco de chuva volumosa e localmente excessiva em parte do Sul do Brasil e de São Paulo. Os acumulados mais alto devem se dar em Santa Catarina com risco de elevação de rios e cheias nesta semana.

Áreas do Paraná, Sul do Mato Grosso do Sul e do estado de São Paulo também podem registrar acumulados altos. Uma frente fria atua neste momento no Sul do Brasil, impulsionada por uma massa de ar frio de grande intensidade que atua na Argentina, Uruguai e no Rio Grande do Sul.

O sistema frontal já começa a mudar o tempo no estado de São Paulo com aumento de nuvens e chuva em pontos mais ao Sul paulista. Nesta segunda-feira (8), a instabilidade é maior no estado do Paraná, onde chove mais do Centro para o Leste paranaense, e em algumas regiões de São Paulo, embora a cobertura de nebulosidade seja abundante na Metade Norte gaúcha e em Santa Catarina.

Nesta terça (9), uma área de baixa pressão vai começar a reforçar a instabilidade com chuva na maior parte do estado de São Paulo, em parte do Mato Grosso do Sul, em quase todo o Paraná e Santa Catarina, e ainda no Norte e no Nordeste do Rio Grande do Sul no fim do dia. Na quarta-feira (10), a baixa pressão estará na costa do Paraná e ao Sul de São Paulo, sobre o Oceano Atlântico, mantendo a instabilidade com chuva em parte do Mato Grosso do Sul, em diversas regiões paulistas, paranaenses e catarinenses, e ainda no Nordeste e Norte do território gaúcho.

Entre sexta-feira (12) e sábado (13}), ainda se espera momentos de chuva e garoa em diversos pontos do Paraná, Santa Catarina e do Nordeste do Rio Grande do Sul, aumentando ainda mais os acumulados de precipitação.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido